"
Menu
Contato
  • Av. Min. José Américo de Almeida, 442 Sala 201 - Torre
    João Pessoa - PB
  • +55 (83) 3221–2900 / (83) 9 9984-0029
  • Enviar e-mail






Artigo - Compensa optar pelo Simples Nacional?

qode interactive strata

A vida de quem resolve empreender é muito gratificante. Porém, também é muito desafiadora. Principalmente no início, onde existem muitos detalhes a se resolver. Inclusive, quando se trata da escolha do regime tributário. É bem provável que você precise de consultoria contábil.
Existem diversas modalidades de serviço tributário, entre elas: Lucro Presumido, Lucro Real e Simples Nacional. De maneira resumida, podemos adiantar que o Simples Nacional é o mais indicado para Microempreendedores Individuais (MEI) e pequenas empresas.
Por isso, ele será o nosso foco no texto de hoje. Aqui, iremos te ajudar a decidir se, para o seu empreendimento, compensa optar pelo Simples Nacional. Vem entender um pouco mais sobre esse regime tributário e com quais empresas ele se encaixa melhor. Para isso, continue a leitura!

Afinal, será que compensa optar pelo Simples Nacional?

Você está começando a sua empresa e chegou até esse texto? Então é bem provável que esteja enfrentando um desafio: a escolha do melhor regime tributário para ela. Será que compensa optar pelo Simples Nacional?
Bem, a minha resposta para você é “depende”. O primeiro passo é analisar detalhadamente a sua empresa. Ou o seu Plano de Negócios. A fim de verificar se o seu empreendimento se enquadra nos tipos de negócios que optam pelo Simples Nacional.
Para te ajudar nessa tarefa, existem algumas perguntas que você deve se fazer. Você tem uma pequena empresa ou é MEI? Qual é o faturamento anual da sua empresa? A sua empresa se enquadra em todas as regras desse regime tributário?
Resolvidas essas dúvidas, é essencial que você busque por serviços de contabilidade especializados para te auxiliar. Se você tem uma pequena empresa, por exemplo, existem profissionais especializados em contabilidade para pequenas empresas.
Mas, para que você já tenha um certo conhecimento quando for buscar por ajuda profissional, continue a leitura. A seguir, iremos te explicar um pouco mais sobre o funcionamento do Simples Nacional. Bem como os momentos onde ele é vantajoso ou passa a ser uma desvantagem.

O que é o Simples Nacional?

Em suma, o Simples Nacional é um regime tributário novo. Ele foi criado no ano de 2006, pela Lei Complementar 123/ 2006.
O intuito dessa modalidade é facilitar a vida de pequenos empreendedores e microempreendedores individuais. Por conta disso, ele une os principais impostos em uma guia única, o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS).
Por um lado, essa união de todos os impostos em uma só guia facilita a rotina empresarial. Mas, por outro lado, ainda pode se mostrar um tanto trabalhoso para os empresários. Principalmente, os iniciantes. Isso faz com que o auxílio de uma boa consultoria contábil seja essencial.

Quais são as principais vantagens do Simples Nacional?

Muitas pessoas têm medo de optar pelo Simples Nacional em seus empreendimentos pelo limite de faturamento que ele apresenta. Afinal, vai que o seu negócio começa a alavancar e você tem que frear esse crescimento? Isso seria bem desagradável, não é?
Então, tenha a ciência de que primeira vantagem do Simples Nacional apresentada aqui tem relação com esse problema. Com algumas mudanças recentes que aconteceram na lei, o limite de faturamento permitido por tipo de empreendimento aumentou. Veja a seguir:
• Para empresas de pequeno porte (EPP), o faturamento pode ser de até 4,8 milhões de reais;
• Para microempresas, 900 mil reais;
• E, para microempreendedores individuais (MEI), o limite passa a ser 81 mil reais.

Podemos concluir que os valores não são nem tão limitantes assim, não é mesmo? Se o faturamento estipulado da sua empresa se enquadra em qualquer um desses tetos, é válido optar pelo Simples Nacional.
Além disso, podemos destacar a vantagem do DAS, que unifica 8 impostos em uma só folha. Bem melhor do que ter que ficar imprimindo várias guias de impostos.
Outro ponto importante a ser destacado é que a carga tributária desse regime é menor que a dos outros. Com o teto de faturamento maior, você sentirá menos ainda o pagamento desses impostos.

E as desvantagens desse regime tributário?

Qualquer regime tributário tem as suas desvantagens, dependendo da situação. Você sabe dizer quando o Simples Nacional não seria vantajoso para o seu negócio? A seguir, veja algumas razões.
Essa modalidade de regime tributário é mais simplificada quanto se trata do pagamento de impostos. Mas isso não é garantia que que você sempre pagará menos impostos que as empresas que optam por outros regimes.
O cálculo dos impostos do Simples Nacional é feito sobre o faturamento bruto. Ele não considera as despesas da empresa, por exemplo. Ou seja: nem sempre você terá uma boa margem de lucro, mas ainda pagará os impostos.
Outra desvantagem para empresas do ramo da indústria. Optando por essa modalidade, ela não pode obter créditos ao pagar ICMS, PIS, COFINS e IPI.

Não deixe de procurar por consultoria contábil

Agora você já leu sobre o Simples Nacional, bem como as suas vantagens e desvantagens. A partir daí, já sabe que a opção por esse regime tributário deve ser bem pensada. De preferência com o auxílio de empresas que prestam serviços de contabilidade.
Afinal, você deve fazer uma escolha vantajosa para a sua empresa. Para tal, conte com o auxílio de uma boa consultoria contábil. Profissionais especializados em contabilidade são essenciais, independentemente do tamanho da sua empresa.
Não importa onde você esteja, basta procurar por profissionais especializados na sua área. Em João Pessoa (PB), por exemplo, basta buscar por “Contador João Pessoa” e já obterá bons resultados.

Concluindo...

Em suma, nesse texto, você conheceu um pouco mais sobre o Simples Nacional. E já pode ter uma ideia se ele seria bom para a sua empresa. Mas também é bem provável que você ainda tenha muitas dúvidas sobre a modalidade.
Então, busque por ajuda especializada. Se a sua empresa é micro, de pequeno porte, ou se você é MEI, busque por auxílio na contabilidade para pequenas empresas. Mas, se a sua empresa é maior, busque por contabilidade empresarial.
Resumindo, você pode estar buscando por um escritório de contabilidade em João Pessoa. Ou em qualquer outro lugar, tenho certeza de que encontrará. Cuide muito bem dos seus empreendimentos, para que eles cresçam e você tenha muito sucesso!

Contabilidade para pequenas, médias e grandes empresas